fbpx
como-fazer-marketing-no-linkedin-webshare

Como fazer marketing Linkedin? Dicas poderosas para se posicionar corretamente na rede

O Linkedin há muito deixou de ser uma rede apenas para quem está procurando emprego. Hoje ele é o lugar certo para quem quer expandir seus contatos, gerar networking de qualidade e fortalecer sua marca. Mas, em função de suas peculiaridades, o marketing nessa rede gera muitas dúvidas.

Pensando nisso, vamos falar um pouco sobre o tema e dar algumas dicas poderosas para quem quer se posicionar corretamente por lá, explorando todas as suas potencialidades.

Vamos lá?

Primeiros passos no Linkedin

Cada rede social irá exigir uma estratégia diferente, própria. O Linkedin mais ainda. Este é um espaço profissional e, por consequência, gira em torno do ambiente corporativo.

Seus resultados também são incríveis. Pesquisas mostram que 93% dos profissionais de marketing B2B acham que o LinkedIn é o melhor lugar para gerar leads. E mais, 64% das visitas ao site corporativo são originárias da plataforma. O que podemos perceber? Este é um ótimo espaço para fazer seu negócio crescer.

Como você pode perceber, é bastante diferente do lifestyle presente no Instagram ou das informações compartilhadas no Facebook. Este é um espaço para desenvolver a carreira, gerar conexões profissionais e expandir a autoridade da sua marca.

Tudo no mundo dos negócios é networking e, por isso, o Linkedin é tão poderoso. Ele cumpre como ninguém essa missão. Ao embarcar nesse desafio, não esqueça que seu conteúdo precisa estar em sintonia com tudo isso.

Como fazer marketing no Linkedin?

Assim como nas demais redes, no Linkedin, existe o perfil pessoal e as páginas de empresas. Nas chamadas Company Pages você precisa construir toda a imagem da sua empresa, pois ela funciona como uma vitrine. Ali, informe seus visitantes sobre tudo o que puder com relação ao seu trabalho e sua equipe.

A partir daí é só por prática as dicas que vamos te contar a seguir. Veja:

  • Seja um gerador de conteúdo relevante

    Essa é uma regra de ouro para qualquer estratégia, mas no Linkedin é preciso estar muito mais atento. Sabe por quê? Quando se publica em uma página empresarial na rede social, o conteúdo também aparece na sua página pública. O que isso quer dizer? Que o Google indexa esse conteúdo. Ou seja, o impacto é muito maior e mais positivo.

    Além desse detalhe, quanto mais relevante for o seu conteúdo, mais seguidores e mais seguidores engajados irão interagir com você. Seu poder e autoridade vão crescendo muito.

  • De olho no SEO

    Lembra que falamos como o Linkedin tem seus mecanismos próprios? Isso implica em um bom trabalho de SEO para a rede social. Otimizar a sua página utilizando palavras-chave no seu perfil e nas publicações, para ajudar seu cliente potencial a encontrar você mais facilmente.

    Além disso, esses fatores irão ajudar você a se posicionar melhor. Lembre de convocar seus funcionários, afinal os backlinks importam e muito por aqui.

  • É alcance orgânico que você quer?

    O algoritmo do Linkedin é muito mais fácil de trabalhar do que com os Facebook e Instagram. Ele tem as seguintes etapas:

    -Avaliação do conteúdo: filtro que pode classificar o conteúdo em três categorias, que são spam, baixa qualidade, bom conteúdo.

    -Engajamento: quando o conteúdo recebe a classificação boa ou ainda “baixa qualidade” irá para o feed para o teste de engajamento. Quanto maior o engajamento inicial, melhor.

    -Virais: depois das duas primeiras etapas e, considerando que seu conteúdo recebeu diversas interações, os perfis serão checados para ver se são verdadeiros e se o engajamento é real.

    -Revisão humana: sim, existe uma equipe que analisa individualmente as postagens que passaram por todos os filtros anteriores. O objetivo é entender a fundo os interesses da audiência da rede social e qualificar as etapas anteriores cada vez mais.

  • Anúncios são válidos?

    Claro que os anúncios são sempre uma boa pedida. Esse investimento irá potencializar seu alcance e gerar ainda mais leads, o que irá impactar diretamente na sua autoridade e, claro, nas vendas.

    Tem mais uma boa notícia: é possível segmentar profissionais de acordo com as suas profissões. Incrível, não? A ferramenta da rede social permite criar peças diferentes e é possível escolher onde serão exibidos.

Como fazer um bom marketing e ter resultados positivos no Linkedin?

Este conteúdo é um ponto de partida, mas existe muito chão para ser percorrido por quem quer desenvolver um excelente marketing no Linkedin. Para saber mais sobre, consulte o nosso time de especialistas. Na WebShare você conta com profissionais capazes de orientar e definir a melhor estratégia para o seu negócio.

Compartilhe

Comentários

CONTEÚDOS SEMANAIS DE QUALIDADE SOBRE PERFORMANCE PARA MELHORAR O SEU NEGÓCIO, CADASTRE-SE:

Mais acessadas

Desenvolvido por WebShare - Estratégia e Resultado   © Copyright – WebShare Estratégia e Resultado – Todos os direitos reservados

Comentários