fbpx

Marketing de Proximidade: impacto da busca perto de mim nos negócios

Marketing de Proximidade: impacto da busca "perto de mim" nos negócios 1
Marketing de Proximidade: impacto da busca "perto de mim" nos negócios 2

Karine Tavares
Redatora

07 de Out. de 2019

Você certamente já questionou alguém sobre a localização de um estabelecimento e a resposta foi “procure no Google”. Da mesma forma, não temos dúvidas de que o buscador raramente lhe decepcionou. Acertamos de novo, né!? Bem, hoje nosso papo será a respeito das mudanças provocadas pelos novos comportamentos de consumo e as oportunidades geradas pelo Marketing de Proximidade (em inglês, Proximity Marketing ou Hyperlocal Marketing).

Vamos de dados, porque eles embasam o nosso conhecimento e nos direcionam a tomar decisões:

Não é difícil chegar à conclusão de que, se antes as pessoas tinham pressa, dois anos depois da divulgação desses números a coisa só aumentou. Isso ocorre por uma simples razão: ninguém quer perder tempo, mesmo a passeio.

A popularização para a procura literal por “perto de mim” no Brasil, provavelmente, irá diminuir – tal qual aconteceu nos Estados Unidos. Embora essa seja a tendência, existe outro fator a ser levado em consideração: o conhecimento dos públicos sobre a tecnologia. 

Isso significa que as pessoas já começaram a entender que a geolocalização ajudará a encontrar um restaurante ou uma gráfica vizinha, por exemplo, sem que seja necessário dizer tantas palavras (e nem mesmo escrevê-las).

Mas, como isso está sendo possível? É exatamente desse assunto que trataremos a seguir. 

Sumário:

  • Marketing de Proximidade: impacto da busca “perto de mim” nos negócios
  • Marketing de Proximidade: o conceito
  • É hora de investir em SEO Local
  • Marketing de Proximidade precisa de padronização multicanal?
  • O Marketing de Proximidade favorece negócios e consumidor
  • As tecnologias por trás do Marketing de Proximidade
  • Seu negócio está adaptado à era da Voice Search?
  • A solução perfeita para o seu Marketing de Proximidade, independente de sua localização

Marketing de Proximidade: o conceito

Antes de partir para a prática, vamos à definição de Marketing de Proximidade. 

Simplificando, consiste em um conjunto de estratégias inteligentes voltado para a localização do consumidor. É possível atraí-lo, a partir de mecanismos que permitem a entrega de conteúdos precisos e relevantes, de forma muito assertiva, enquanto ele passa por sua porta.

Como já mencionamos na introdução, as pessoas precisam resolver suas questões rapidamente. E querem fazê-lo de forma prática, enquanto se deslocam para um compromisso. É desse momento que o Marketing de Proximidade se apropria e tira suas vantagens.

Ainda pouco utilizada no Brasil, essa abordagem representa uma ótima oportunidade para os negócios de qualquer setor. 

Considere que todos aqueles interessados em seu nicho, em um determinado raio de distância, têm grandes chances de enxergá-lo ao mesmo tempo em que recebem promoções e benefícios na palma de suas mãos.

Vamos conhecer a inovação por trás disso?

É hora de investir em SEO Local

seo-local-marketing-proximidade-webshare

A regionalização está com tudo.

A partir daqui não precisaríamos lhe falar mais nada e poderíamos finalizar esse artigo. Mas vamos que você precise de mais detalhes…

Preste atenção nesta informação do Hubspot:

88% dos consumidores que fazem uma pesquisa nos motores de busca, através de um smartphone, ligam ou visitam os estabelecimentos em menos de um dia.

Ou seja, apesar do online facilitar o cotidiano e acelerar alguns processos, as pessoas ainda estão preferindo frequentar os ambientes físicos. 

É neste ponto que as equipes de marketing precisam concentrar as estratégias: entender a linha tênue entre o virtual e o presencial, e o quanto ambos se complementam.

Indo um pouco mais a fundo nesse raciocínio, pense: em uma decisão de compra, o consumidor quer praticidade, mas preza pela qualidade. Isso quer dizer que ele irá utilizar os motores de busca para encontrar as soluções para suas necessidades – em locais que estão em seu entorno -, e fará uma escolha a partir das melhores respostas apresentadas. 

O maior custo benefício, no trajeto mais curto

 92% dos usuários selecionam empresas na primeira página dos resultados de pesquisa local. 

Está aí o que queríamos lhe dizer: o motivo principal para você dedicar um tempo significativo para ranquear seu negócio localmente no Google, ou seja, preparar o SEO de sua marca. 

Ora, se estas pesquisas entregam resultados baseados em localização geográfica, confiabilidade e qualificação, de quem você acha que será o topo?

Deixaremos essa pergunta em aberto, por enquanto, para que você reflita.

Até agora, estamos conversando sobre o que você pode fazer pelo seu SEO Local. Ou seja, a forma como as pessoas irão lhe encontrar nas imediações a partir de uma busca orgânica no Google. 

Todavia, esse conceito vai muito além. 

Marketing de Proximidade precisa de padronização multicanal?

Seria terrível oferecer um atendimento top ao cliente online e fisicamente não ser eficiente. 

O conceito omnichannel trata-se de impressões e de sentimentos. Com ele, todas as plataformas estão integradas e conversam entre si linearmente, com foco em uma ótima experiência do cliente. Ao adotar tal estratégia, a marca evita ruídos na jornada de compra e passa a ser percebida de forma muito positiva.

De imediato, essa preocupação fortalece o relacionamento e gera o encantamento, aspectos tão importantes para que esse ciclo mantenha o seu fluxo de forma espontânea, aumentando a quantidade de novas pessoas impactadas.

A BOA, VELHA E EFICIENTE INDICAÇÃO!

Mas o que tudo isso tem a ver com o Marketing de Proximidade?

Veja bem, além de não ser produtivo traçar uma estratégia para cada canal de comunicação, as coisas tornam-se um tanto bagunçadas, o que aumenta as chances de erro. Concorda que é fácil perder o controle assim, né!?

Quando impactado de forma favorável por sua estratégia, o público que está nas imediações do seu negócio quer ter a mesma boa experiência do início ao fim do atendimento, on e offline. A tecnologia pode e deve participar de todo esse processo.

Quer saber que ferramentas são essas? Veja abaixo o compilado que preparamos.

O Marketing de Proximidade favorece negócios e consumidor

Através de táticas simples de abordagem digital, é praticamente impossível não transformar uma modesta interação em conversões. Isso por quê…

  • Notificações personalizadas chegam ao smartphone daqueles que transitam próximo do seu negócio, e tornam-se potenciais atrativos para o consumo;

  • Quando o vínculo com o prospect já está estabelecido, é ainda mais fácil conquistar a sua atenção;

  • Não há limites para inovar. A tecnologia ganha curiosos ao propor que o usuário utilize o celular para obter mais informações sobre um produto de seu interesse, ou ainda, ao oferecer uma promoção exclusiva para quem utiliza um aplicativo;

  • Guiar o cliente até os produtos de seus desejos ou entregar-lhe referências relevantes - como preços, tamanhos, cores disponíveis, etc -, a partir de um dispositivo móvel. Esse é um caminho sem volta para a conquista, em razão da praticidade vinculada;

  • A agilidade entregue pelo Marketing de Proximidade permite aos negócios demonstrarem a valorização do tempo do cliente, e o empenho empregado para garantir que ele tenha a melhor experiência de sua vida com a marca;

  • Os processos facilitam decisões baseadas em dados. Obter informações - como um e-mail - já na primeira interação do lead com o negócio, é tudo o que você quer para dar os passos seguintes em sua estratégia de marketing. Ou seja, é possível captá-lo em outros momentos de compra, analisando suas preferências e comportamentos.

Para fechar com chave de ouro, o mais importante de tudo. Todas as tecnologias são low cost. Com um baixíssimo custo e as táticas certas, o ROI do seu negócio pode ser surpreendente.

As tecnologias por trás do Marketing de Proximidade

gps-tecnologias-marketing-de-proximidade-webshare

Da mesma forma que acontece com qualquer coisa dentro do ambiente digital, não existe apenas uma forma de fazer Marketing de Proximidade. Tudo vai depender dos objetivos de sua estratégia. 

Porém, um dispositivo é comum para todos eles: os smartphones. As tecnologias móveis facilitam o cotidiano, e por isso ganharam com tanta força o coração da população. Muita gente anda por aí com o celular na mão, resolvendo seus problemas enquanto se desloca.

Está na hora de fazer quem precisa de você enxergá-lo, ao passar por sua porta!

Mais estatísticas, desta vez do site Forrester:

Dispositivos móveis movimentarão, até 2021, mais de US$ 1,4 trilhão em vendas locais.

Não dá para perder essa oportunidade por falta de conhecimento e estratégias, né!? Veja o que você pode começar a implementar.

Bluetooth Marketing, Geolocalização Indoor e os Beacons

Envio de ofertas personalizadas em tempo real, bastando que o Bluetooth do smartphone de seu lead esteja ligado. Ao entrar em sua loja, ele é agraciado com uma oferta exclusiva, o que certamente lhe trará a sensação de que é especial.

É uma transformação absoluta na experiência on e offline do cliente com as marcas.

E se você estiver pensando: “vou detonar com as baterias dos dispositivos dos meus clientes”. Calma aí! Veja só o que é sensacional nesta tecnologia: os beacons (ou faróis) utilizam um tipo de bluetooth que gasta menos energia (Bluetooth Low Energy).

Ao ter o aplicativo de uma loja instalado em seu smartphone, por exemplo, o cliente recebe uma informação personalizada. Isso só é possível porque a empresa está preocupada com a experiência dele no estabelecimento, utilizando-se da geolocalização e do marketing estratégico para atingir seus objetivos.

Google Nearby

É óbvio que o Google tem seu próprio modo de fazer Marketing de Proximidade. E a Gigante batizou essa tecnologia de Nearby Connections, aliando suas notificações aos Beacons. A partir dela, as pessoas podem encontrar dispositivos, serviços e informações contextuais ao seu redor, com cerca de 30 metros de alcance sem um aplicativo.

Através do sistema operacional do celular, o usuário consegue agendar consultas, pedir comida, interagir com outras pessoas e até mesmo jogar online.

Fantástico, né!?

QR Code

Tags inteligentes armazenam informações exclusivas – qualquer coisa que a sua mente lhe permitir enxergar -, e convidam o usuário que deseja saber mais a utilizar a câmera de seu smartphone, para interagir com o produto ou serviço. 

E para utilizá-lo em seus projetos é simples: defina o que você quer dizer, escolha um aplicativo ou site (existem muitos no mercado) apropriados para a criação de seu código, imprima-o no material de sua preferência  – um adesivo, por exemplo – e está pronto.

Wi-Fi

O check-in, através de uma rede de wi-fi fornecida pelo próprio estabelecimento, é uma ferramenta de Marketing de Proximidade um tanto antiga. Todavia, a razão para citarmos essa possibilidade nesse artigo, deve-se à grande eficiência dessa tática.

A intenção é fazer o cliente permanecer no local durante o maior tempo possível. Logo, disponibilizar esse atrativo pode ser um convite agradável para o consumo.

TV Indoor

A TV Indoor também não é do time das tecnologias mais recentes. Essa estratégia consiste em adicionar em uma tela conteúdo relevante ao seu público, que está esperando por um atendimento. Ao mesmo tempo em que o mantém distraído, é uma excelente oportunidade para divulgar serviços ou produtos que o cliente ainda não conhece.

NFS

A Near Field Comunication/Comunicação por Campo de Proximidade assemelha-se ao QR Code, com um plus de ser um wireless mais seguro ainda. Basta que o usuário aproxime o dispositivo móvel do código, sem necessidade alguma de acesso a partir de uma câmera. Alguns sistemas financeiros, inclusive, já adotaram tal tecnologia. No entanto, ela não está restrita apenas a esse nicho.

GSM

Muita gente já ouviu falar, mas nunca interessou-se em saber o que ela pode fazer.

Através de antenas de celular, é possível determinar o raio de localização do cliente em um limite de 2 Km. Apesar do alcance maior do que o proporcionado por QR Codes e NFS, muitas vezes essa forma de contato é interpretada como spam. Seu apelo, usualmente, apresenta pouca especificidade e peca muito em atendimento personalizado.

É preciso cuidado com a estratégia e utilizar o GSM em campanhas bem direcionadas e com objetivos claros.

GPS

O GPS tem um alcance menor de proximidade do estabelecimento que a tecnologia GSM – um raio de mais ou menos 100 metros. 

Apesar dessa desvantagem, ele pode ser fantástico para a busca orgânica no Google.  Pense: a maioria dos dispositivos móveis utilizam o Google Maps como referência de geolocalização e o guia embutido é o GPS.

Certamente, de alguma forma, você vai querer aparecer no caminho do seu prospect. Certo!?

Seu negócio está adaptado à era da Voice Search?

Tempos atrás, aqui no Blog, publicamos um conteúdo a respeito da pesquisa por voz, e a forte influência da geolocalização. 

O mobile está entregando às pessoas a possibilidade de interagir com a tecnologia, sem que precisem procurar pelo aplicativo de busca e, até mesmo, escrever. Já que todos têm pressa, esse é um momento bem interessante para o Marketing de Proximidade, que privilegia justamente a otimização do tempo dos usuários.

Desta forma, é essencial que as marcas estejam preparadas para a era da BUSCA POR VOZ. 

Nos últimos anos, as tendências demonstram que a ajuda dos assistentes virtuais está cada vez mais aceita e amigável. Não dá para ficar para trás. Concorda!?

A solução perfeita para o seu Marketing de Proximidade, independente de sua localização

Quer auxílio para implementar as estratégias de Marketing de Proximidade, especialmente para alavancar o SEO Local do seu business? A WebShare tem uma equipe experiente, pronta para atender às suas necessidades longe ou perto de Florianópolis.

Que tal conversarmos pessoalmente ou marcarmos uma call à distância? Não importa onde seu negócio esteja, temos as melhores soluções para as suas estratégias. Estamos esperando o seu contato!

Compartilhe

Comentários

CONTEÚDOS SEMANAIS DE QUALIDADE SOBRE PERFORMANCE PARA MELHORAR O SEU NEGÓCIO, CADASTRE-SE:

Mais acessadas

Desenvolvido por WebShare - Estratégia e Resultado   © Copyright – WebShare Estratégia e Resultado – Todos os direitos reservados

Comentários