pequena-e-media-empresa-investir-em-marketing-digital-nunca-foi-tao-facil-webshare

Pequena e Média Empresa: investir em marketing digital nunca foi tão fácil

Nem sempre é viável contratar um time de especialistas como o da WebShare para começar a investir em Marketing Digital. Contudo, você já deve ter se dado conta de que o presente e o futuro do empreendedorismo estão justamente nas estratégias de comunicação aplicadas na internet. 

Já passou o tempo em que distribuir panfletos ou fazer publicidade na TV eram as únicas formas de tornar-se conhecido. Além de obsoletas, elas são muito caras e não garantem o impacto efetivo no público-alvo.

Não importa o setor no qual sua pequena ou média empresa (PME) atue, se é B2B ou B2C, encare de uma vez que você precisa incorporá-la ao digital. Mesmo com pouca verba para iniciar, saiba que não é nada difícil “fazer você mesmo”.  

Perca o medo e entregue a cara a tapa. Após a leitura desse post você estará com a “faca e o queijo na mão” para introduzir o Marketing Digital no seu business. 

Vamos começar!?

Derrube as primeiras dificuldades ao investir em Marketing Digital

Vamos começar falando em COMPETITIVIDADE. 

Como não se preocupar com a quantidade imensa de ofertas para um mesmo produto ou serviço? Agora é o momento de baixar a cabeça e traçar táticas para não ficar para trás e manter-se sempre no páreo. 

Obviamente, não vamos “contar uma história da carochinha” e garantir um final feliz. Tudo vai dar certo, se você trabalhar para isso. Justamente pela facilidade de acesso que os consumidores encontram no on-line, a principal dificuldade das empresas está em destacar-se.

Questione-se: Por que o meu produto ou serviço é melhor para determinado cliente? Ao encontrar essa resposta, dirija-se ao seu público e faça-o entender que a melhor solução está no seu negócio. É aqui que você começa a investir em marketing digital.

Marketing Digital para PMEs: modo de fazer

Não existe uma receita de bolo e nem mágica. A grande dica que podemos lhe dar é: faça testes. Para isso, é primordial que você conheça o seu público. Ou seja, crie personas

Em seguida, comece a planejar. Organize uma rotina para sua presença digital. Escolha canais e ferramentas.

Para tornar tudo isso mais claro e auxiliar-lhe a gerar ótimas oportunidades em vendas, preparamos um guia rápido sobre o que você pode incluir em sua estratégia. Mas antes, vamos esclarecer o princípio de cada um dos movimentos. Confira!

Outbound e Inbound Marketing: o que são?

Sem delongas, entenda: os dois podem ser utilizados no digital. Porém, veja as diferenças:

O Outbound Marketing é aquele conceito tradicional, no qual você precisa sair em busca do seu cliente. É uma forma mais cara de impactar, e isso mencionamos lá no início deste conteúdo. Ou seja, investir em anúncios em mídias tradicionais – rádio, tv, impressos, outdoors, etc -, campanhas pagas na internet (como Adwords, por exemplo) e em equipe para promover constante lembrança de marca.

Já a premissa do Inbound prevê a conquista de clientes com base na ATRAÇÃO. Colocando em termos simples, despertar a atenção de pessoas que já possuam interesse em determinados produtos ou serviços. Assim, o lead vai ao seu encontro e não o contrário. E no mundo on-line essa é a estratégia que vem ganhando maior notoriedade nos últimos tempos. Os custos são mais baixos, aliados a um possível ROI elevado.

Investir em Marketing Digital: O que incluir no planejamento?

Chegou a hora de conhecer as possibilidades. Vamos investir em marketing Digital?

A internet democratizou a concorrência e empoderou o consumidor. Ou seja, sua PME está competindo de igual para igual com grandes empresas mas, ao mesmo tempo, o cliente está mais informado e exigente. Diante disso, a única saída é construir relacionamento para criar fidelidade.

Vamos mais a fundo nas artimanhas que levam até o encantamento? Preparado!? 1, 2, 3 e já!

#1 Crie um site ou um blog (ou, se possível, os dois)

Primeiro fato: seus leads estão na internet caçando informações sobre os produtos/serviços que você vende a todo instante.

Crie um site que proporcione uma ótima experiência de navegação, tanto no desktop quanto no mobile. Jamais esqueça que sua presença na internet precisa ser responsiva, ou seja, pensar em todas as telas. Ah, e sempre esteja atualizado com as novas tecnologias que surgirem.

Em seguida vem a otimização, a menina dos olhos dos mecanismos de busca. Estamos afirmando que você quer ranquear entre os primeiros resultados orgânicos. Preste atenção em desenvolvimento (navegabilidade), design que converse com a sua marca de forma impecável e funcionalidade.

Um blog vinculado ao seu site dará muita autoridade ao seus produtos/serviços. Vamos falar um pouco sobre conteúdo mais abaixo.

#2 O Marketing de Conteúdo é seu leal amigo

Joe Pulizzi, fundador do Content Marketing Institute, nos ensina que quando nutrimos o lead com conteúdos valiosos, relevantes e consistentes estamos qualificando e retendo um público claramente definido.

Isso quer dizer que, ao entregar conteúdos importantes sobre o produto ou serviço, a marca cria autoridade. Você pode utilizar e-books, vídeos, podcasts, webinars, infográficos, versões para testar de algum software, posts sobre curiosidades e algo inédito no seu nicho, etc. Enfim, as possibilidades são muitas e, em se tratando de criação, o céu é o limite.

Neste sentido, o marketing deve sempre lembrar de publicar com frequência. Parar subitamente, sem explicações, faz com que a confiança construída com o público-alvo caia por terra.

#3 Vamos falar de Search Engine Optimization (SEO)?

Você fica confuso com SEO? Saia dessa agora mesmo!

A função dele nada mais é do que tornar os sites mais amigáveis aos mecanismos de busca. Em outras palavras, isso quer dizer que você precisa saber fazer uso das palavras-chave ao seu favor. Para o ranqueamento, existem algumas regrinhas poderosas que facilitam muito a sua jornada, tornando o caminho até o seu lead mais curto.

Lembre-se disso:

Pequena e Média Empresa: investir em marketing digital nunca foi tão fácil 1
  • Insira a palavra-chave escolhida para determinado conteúdo em títulos, subtítulos, linhas de apoio, URLs, Text Alt de Imagem, resumo, corpo do texto;
  • Seu conteúdo deve ter no mínimo 300 palavras;
  • Obedeça o limite máximo de caracteres em sua meta descrição;
  • Distribua as informações de forma clara, com frases e parágrafos curtos;
  • Lance mão dos subtítulos;
  • Cuide a ortografia, não seja prolixo e deixe leitura e visualização agradáveis;
  • Utilize links para dentro e para fora do seu site/blog.

Um alerta!

Apenas cuide para não exagerar na otimização. É que isso pode ser interpretado como uma tentativa sua de trapacear no ranqueamento, algo que os buscadores odeiam.

Quais são os canais adequados para criar uma estratégia de marketing digital?

Quando você investir em marketing digital, teste tudo o que você quiser e puder. O importante é que você saiba exatamente onde deve enraizar a sua presença. Seja nas redes sociais, através de e-mail marketing, em blog, em landing pages,  o que importa é você entregar conteúdo relevante e mostrar o quanto é confiável. Conhecendo seu público você conseguirá entender exatamente onde pode encontrá-lo.

E o melhor de tudo ainda está por vir. Absolutamente todas as suas ações em marketing digital podem e devem ser mensuradas. Hoje existem no mercado excelentes ferramentas de métricas que apresentam informações seguras e certeiras sobre os resultados das suas estratégias.

Um rápido passo a passo para investir em marketing digital

Em poucas mas eficientes palavras, vamos revelar a base da estratégia. Compilamos uma breve listagem para você realizar seu planejamento com segurança.

  • Defina claramente objetivos e metas de marketing. Analise fatores externos e internos. Posicione sua marca;

  • Conheça os demais players do seu nicho (competidores);

  • Através de ferramentas que você encontra na internet, é possível entender a necessidade e expectativa do seu público e entregar a ele uma solução efetiva;

  • Esteja nas redes sociais, ouça o que os leads estão falando sobre a sua marca e seus concorrentes;

  • Crie Linkbuilding: fortaleça parcerias com outros sites e influenciadores que poderão dar credibilidade ao seu conteúdo;

  • Invista em SEO. Para ranquear nos resultados orgânicos dos mecanismos de busca, você precisa assimilar a importância da estratégia;

  • Dê atenção para o pós-venda. Essa construção de relacionamento é importante para fidelizar. Continue beneficiando seu cliente, isso gera vantagem competitiva;

  • Através de mensuração, você consegue calcular o retorno sobre o investimento que pode ser monetário ou, se assim a sua estratégia mandar, em impacto causado;

  • Separe um tempo para entender de marketing digital. É importante sempre estar atualizado sobre as novidades desse universo;

  • Foque no seu público e crie conteúdos que sejam do interesse dele. Aproxime-se. Afinal, é mais fácil manter o cliente conquistado do que construir essa relação do zero;

  • Mas não esqueça, os prospects também são importantes. É vital entender a Jornada do Consumidor e criar conteúdos pertinentes a cada fase.

Pronto para dar o play e investir em Marketing Digital na sua PME?

Agora que já esclarecemos o que sua PME precisa para começar a investir em Marketing Digital, dê o play para ontem. Temos plena convicção que esse guia rápido que preparamos transformará suas ações.

Mas se você quer um suporte competente para lhe auxiliar nessa missão, entre em contato conosco. A equipe de especialistas da WebShare é a mais indicada para traçar as melhores estratégias lado a lado com você.

Compartilhe

Comentários

CONTEÚDOS SEMANAIS DE QUALIDADE SOBRE PERFORMANCE PARA MELHORAR O SEU NEGÓCIO, CADASTRE-SE:

Mais acessadas

Desenvolvido por WebShare - Estratégia e Resultado   © Copyright – WebShare Estratégia e Resultado – Todos os direitos reservados

Comentários