fbpx
WHATSAPP LIMITA O “ENCAMINHAR” MENSAGEM: VEJA COMO FUNCIONA AGORA

WhatsApp limita o encaminhar mensagem: veja como funciona agora

O WhatsApp apresentou duas mudanças recentes com relação ao recurso de encaminhar mensagem. A primeira você provavelmente já notou: o texto, ao ser encaminhado, agora identifica isto no topo. A outra é uma limitação quanto ao número de vezes que você pode repassar um texto ou mídia, 20 conversas ou grupos no máximo.

As atualizações foram ainda mais rígidas na Índia, país que motivou a mudança dentro do aplicativo. Lá, as mensagens só poderão ser encaminhadas para 5 conversas ou grupos. Isto, devido a uma onda de boatos e fake news, que provocaram mortes e violência entre a população indiana.

Além disto, o aplicativo removeu o botão que dá fácil acesso a este recurso. Todas medidas voltadas a tentarem controlar o fenômeno das fake news dentro da internet e sua rápida disseminação. Continue lendo para entender o que está por trás do posicionamento do WhatsApp.

O que aconteceu?

Pelo menos cinco episódios de violência foram registrados nos últimos meses, na índia, relacionados com fake news. Foram mais de 20 pessoas mortas após mensagens falsas que falavam sobre supostos traficantes que estariam sequestrando e vendendo crianças.

O grande problema? A maioria das mensagens foram disseminadas através do WhatsApp, aplicativo usado por mais de 200 milhões de indianos. Aqui, no Brasil, os números também são altos: cerca de 120 milhões de usuários, de acordo com o próprio aplicativo.

O posicionamento do WhatsApp

Buscando amenizar os impactos e a disseminação de notícias falsas, o WhatsApp optou por identificar na mensagem todo conteúdo que for encaminhado. Na Índia também limitou ainda mais a possibilidade de repassar mensagens, sendo 5 conversas ao máximo.

O restante do mundo terá direito a 20 encaminhamentos. Antes destas alterações, o limite seria superior a 200 conversas.

O aplicativo já vinha trabalhando em novas políticas com relação a notícias falsas. Ainda no começo de julho, o WhatsApp divulgou que irá oferecer 20 bolsas de 50 mil dólares, para que seja estudado o fenômeno das fake news e formas de lidar com isso.

Por fim, ainda está em fase de testes, porém o aplicativo divulgou estar estudando uma proteção contra links maliciosos, para evitar também golpes através de mensagens.

 

Para se proteger

O WhatsApp aproveitou o momento e suas mudanças para divulgar uma lista com sugestões para que os usuário se protejam de práticas maliciosas e também reforçou a importância de se ter responsabilidade ao se compartilhar um conteúdo:

Atualizar ajustes de privacidade;

Bloqueio de usuários desconhecidos;

Solicitação de dados da conta;

Limpeza de conversas;

Desativar recibos de leitura;

Denunciar mensagens de spam.

Compartilhe

Comentários

CONTEÚDOS SEMANAIS DE QUALIDADE SOBRE PERFORMANCE PARA MELHORAR O SEU NEGÓCIO, CADASTRE-SE:

Mais acessadas

Desenvolvido por WebShare - Estratégia e Resultado   © Copyright – WebShare Estratégia e Resultado – Todos os direitos reservados

Comentários