O facebook quer saber mais sobre você

O Facebook Quer Saber Mais Sobre Você

O Facebook continua sendo a rede social mais acessada e com o maior número de adeptos, apesar das outras plataformas que ganham destaque diariamente. E para continuar sempre interessante, essa rede constantemente sofre modificações, seja para trazer mais facilidade para os usuários ou para tentar conhecê-los melhor. Hoje vamos falar sobre uma novidade que se encaixa na segunda categoria.

Basta dar uma olhada em sua timeline para perceber que, de uns tempos pra cá, os usuários do Facebook estão utilizando a rede mais para compartilhar links, textos e vídeos do que para falar sobre si mesmos. Por conta disso, a plataforma criou um novo recurso cujo objetivo é incentivar justamente isso: que as pessoas falem sobre características próprias!

Afinal, um dos objetivos da rede social é exatamente criar vínculos por afinidade. E convenhamos que isso é muito mais difícil quando não se sabe do que o usuário gosta, o que pensa e quais as suas preferências.

Como funciona a novidade?

Algumas pessoas que utilizam a versão mobile do Facebook, provavelmente já perceberam qual foi a jogada de Mark para conhecer melhor os participantes da rede (e permitir que eles também se conheçam, é claro!).

Ao acessar o seu perfil pelo smartphone o Facebook lhe faz algumas perguntas bem simples e curiosas, como, por exemplo, “o meu super-herói favorito é”, “segundas-feiras me fazem sentir como”, entre muitas outras questões que seguem esse mesmo estilo. Além do teor da pergunta, a forma como ela é colocada também é bastante lúdica, com fundos coloridos ou até desenhos para ilustrar.

Por enquanto, esse recurso ainda está nas fases iniciais e só aparece na versão gringa do aplicativo. Mas a expectativa é que daqui um tempo os brasileiros também possam se divertir com as perguntas!

As perguntas ficam na página do seu próprio perfil, ao acessá-lo via celular e as respostas ficam na timeline. As questões são distribuídas aleatoriamente.

Só para conhecer melhor?

É claro que a ideia central dessa nova ferramenta é garantir um espaço para que as pessoas falem mais sobre si mesmas. Mas as intenções não param por aí!

A partir dessas respostas, os anunciantes e o próprio Facebook vão conhecer melhor o perfil e os hábitos de consumo dos usuários. Por consequência, será possível personalizar ainda mais os anúncios, fazendo com que apareçam em sua timeline produtos e serviços relacionados com a sua personalidade e estilo de vida. Ou seja, existe também um intuito lucrativo “escondido” nessa brincadeira nem tão inocente.

As novidades não param por aí: no final de 2017, Mark Zuckerberg anunciou que o Facebook deve relançar o Event, mas agora com o nome de Facebook Local. Mais amplo que a função de check-in, permite o compartilhamento de outras informações além de apenas a localização. Especuladores dizem que, com o tempo, será possível até fazer compras usando a rede social.

E você, o que acha dessas atualizações? Caso o recurso das perguntas venha para o Brasil, pretende compartilhar com os seus amigos mais informações e curiosidades sobre a sua personalidade?

Comentários

comentários