fbpx
Google Analytics: tudo sobre a nova política de dados da ferramenta 1

Google Analytics: tudo sobre a nova política de dados da ferramenta

Proteção de dados é o assunto do momento. Após o Facebook protagonizar um escândalo gigantesco envolvendo a segurança dos seus usuários, iniciou-se uma mobilização de líderes e órgãos mundiais.

Por isso, a partir do dia 25 deste mês, o Google Analytics passará a operar com uma nova política de privacidade. Isto porque, nesta data, entra em vigor o novo o Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (RGPD), da União Europeia (UE).

E qual a relação entre a UE e o Google? Bem, a UE foi a primeira organização a agir com relação à política e segurança de dados. Ao alterar o regulamento, acabou obrigando diversas plataformas, inclusive o Analytics, a mudar algumas práticas realizadas até então.

Apesar do regulamento ser criado para os habitantes da UE, as mudanças serão aplicadas no mundo todo. A medida, por parte do Google, tem como objetivo também evitar uma crise de insegurança nos usuários como ocorreu no Facebook.  

Quer saber o que vai mudar a partir de agora? Nós vamos explicar.

Restrição de dados

A partir do dia 25 entra em vigor uma nova política de compartilhamento de dados do Google Analytics. Uma das maiores mudanças é que agora haverá uma restrição com relação ao tempo de armazenamento de dados.

Na prática, todas as informações armazenadas pela ferramenta terão um prazo de validade e não poderão ser consultadas após um certo período. Ou seja, os dados ficarão retidos por um tempo, a ser definido pelo administrador, e depois serão excluídas automaticamente do sistema.

Esta mudança não inclui as informações sobre origem de tráfego e volume.

Como determinar o prazo de retenção de dados?

Google Analytics: tudo sobre a nova política de dados da ferramenta 2

Google Analytics: tudo sobre a nova política de dados da ferramenta 3

Excluindo informações específicas

Agora será possível excluir completamente as informações de um usuário em específico do Analytics. Para isto, a ferramenta irá buscar cookies padrão do Analytics, App Instance ID e o user ID.

Sobre este recurso, mais informações serão disponibilizadas em breve.

Norma de Consenso de Usuários Europeus

Apesar do título, as modificações aqui também valem para todo o mundo. E estas diretrizes dizem que é necessário cumprir as normas do Google para consenso de usuários.

Isto quer dizer que os anunciantes têm responsabilidade em promover e conseguir concordância dos usuários das plataformas e sites.

Para isto, é essencial revisar os termos da ferramenta, principalmente itens sobre processamento de dados e também o que prevê o regulamento da UE.

Alterações de contrato no Google Analytics e Analytics 360

Esta é a principal atualização prevista na ferramenta. Você deve ler o novo contrato, que já está disponível no Analytics.

Basta acessar a página de administrador e clicar em configurações da conta. Após a leitura é preciso confirmar a concordância com as novas regras.

Esteja preparado

A dica mais importante com relação ao tema é não perder tempo. Deixando para a última hora é possível que você seja surpreendido negativamente.

Leia com calma o regulamento e o novo contrato para não ser penalizado mais tarde.

Na WebShare estamos acompanhando de perto todas mudanças e mantendo todas as informações dos nossos clientes seguras e protegidas, para que nenhum resultado seja prejudicado. Quer saber mais? Entre em contato com a gente.

Compartilhe

Comentários

CONTEÚDOS SEMANAIS DE QUALIDADE SOBRE PERFORMANCE PARA MELHORAR O SEU NEGÓCIO, CADASTRE-SE:

Mais acessadas

Desenvolvido por WebShare - Estratégia e Resultado   © Copyright – WebShare Estratégia e Resultado – Todos os direitos reservados

Comentários