fbpx

LGPD: qual é o impacto da nova lei no Marketing Digital?

lgpd-impacto-no-marketing-digital
LGPD: qual é o impacto da nova lei no Marketing Digital? 1

Karine Tavares
Redatora

28 de Out. de 2019

No próximo ano, a entrada em vigor da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), sancionada pelo ex-presidente da República, Michel Temer, afetará diretamente o setor de marketing digital. Pois é, de todas as pautas que costumamos abordar aqui no Blog da WebShare, talvez essa seja a mais importante de 2019. 

Já estamos acostumados às mudanças inerentes à profissão, tendo como agente principal a nossa queridíssima Google. Mas, desta vez, não são as atualizações de algoritmo que estão tirando o nosso sono. A Gigante sequer tem participação nisso. 

O buraco é mais embaixo, já que essa nova legislação brasileira toca em dois pontos extremamente sensíveis: a segurança e o uso correto dos dados pessoais dos usuários. 

Lembra daquele formulário que você estudou profundamente para pedir apenas as informações cruciais ao seu prospect? E da Landing Page pensada nos mínimos detalhes para captar o e-mail de um lead quente, e seguir em contato com ele através do fluxo de Inbound até levá-lo a uma conversão?

Suas estratégias terão de ser readequadas às novas regras. Do contrário, seus negócios  estarão correndo sérios riscos, além de colocarem-se em uma posição suscetível às penalizações judiciais.

Com um prazo tão apertado para promover modificações, como andam os esforços de sua equipe de marketing em direção a esses diferentes caminhos? 

Tendo em mente as informações abaixo, comece imediatamente a traçar novas táticas e previna-se contra a perda de oportunidades incríveis.

Sumário:

  • LGPD: qual é o impacto da nova lei no Marketing Digital?
  • O que significa LGPD?
  • Regulamentação e fiscalização da LGPD ficarão a cargo de quem?
  • De que forma o setor de Marketing Digital será afetado pela LGPD?
  • 4 Dicas para adaptar o seu negócio à LGPD
  • LGPD: A WebShare auxilia seu negócio nesta transição

O que significa LGPD?

Bem, a Lei Geral de Proteção de Dados não é exatamente inédita. No mundo, esse conjunto de regras já existe há bastante tempo, e o Brasil é um dos poucos países que, até 2018, ainda não estava alinhado.

Para dizer a verdade, por aqui, já existiam algumas portarias, resoluções e normas. Entretanto, faltavam linearidade e conexão, já que muitas delas não conversavam ou eram totalmente opostas. 

Definitivamente, a LGPD chegou para colocar ordem na casa. Fundamenta-se em valores como o respeito à privacidade; à liberdade de expressão, de informação, de comunicação e de opinião; à inviolabilidade da intimidade; e à defesa do consumidor.

LGPD: Seu nome é autoexplicativo

Nem precisaríamos dizer que a LGPD visa a proteção de dados dos cidadãos. Quer assegurar-lhes o uso consciente e responsável de suas informações – sem vazamentos -, tornando todos os processos transparentes e baseados em CONSENTIMENTO.

Na prática, o que isso quer dizer?

Sabe aquela sua base de e-mail marketing que está prontíssima? Bem, ela terá de ser revisada e, provavelmente, alterada. 

Uma a uma, as pessoas que estão ali precisam saber qual é o exato uso que sua empresa está dando para esses dados coletados. Dessa forma, irão decidir pela manutenção dos mesmos no cadastro ou pela remoção obrigatória e irrevogável.

Regulamentação e fiscalização da LGPD ficarão a cargo de quem?

Vinculada à Presidência da República, a Autoridade Nacional de Proteção de Dados será o órgão encarregado da fiscalização e regulação da LGPD. Funcionará como um elo entre sociedade e governo, acolhendo dúvidas, sugestões e denúncias. Todavia, antes de punir, a ANPD terá o papel de orientar e educar para a aplicação da lei.

De que forma o setor de Marketing Digital será afetado pela LGPD?

Infelizmente, considerando o histórico do País, muitas marcas deixarão para preocupar-se com as mudanças impostas pela Lei Geral de Proteção de Dados em cima da hora. E olha que o prazo foi bem extenso.

Uma organização vive de seu trabalho, mas sustenta-se por sua reputação. A falta de adaptação às novas regras acarreta riscos para a imagem. Em outras palavras, o consumidor poderá concluir que a empresa não é confiável. Já os órgãos reguladores e fiscalizadores terão total liberdade na aplicação de punições severas e multas altíssimas.

No entanto, a LGPD não chegou para complicar a vida dos profissionais de marketing. Ao contrário, apenas dá uma diretriz à forma como essa importantíssima moeda de troca é manipulada.

ESTRATÉGIAS DE CAPTAÇÃO IMPACTADAS PELA LGPD

Já estamos acostumados com as metamorfoses no marketing. Chegamos em um momento em que estudar o segmento é um ciclo sem fim. O que aprendemos hoje, pode não ser validado amanhã. Apesar de ser uma tarefa difícil, precisamos nos assegurar de que estamos por dentro de todas as novas perspectivas. 

Sendo assim, resumimos cada uma das estratégias mais importantes que utilizamos em campanhas e ofertas de produtos e serviços, e como a LGPD poderá interferir na forma de desenvolvê-las:

LGPD: PROSPECÇÃO ATIVA E GERAÇÃO DE LEADS

Como profissional pergunte-se: de que forma esse dado que estou pedindo contribuirá em minha estratégia? Há algo desnecessário?

Para atrair potenciais clientes e mantê-los dentro de seu funil de vendas, o pedido de permissão deverá apresentar clareza, demonstrando a necessidade de cada uma das informações. Isso é essencial para garantir um relacionamento no qual não haja violação da segurança.

LGPD: INBOUND E MARKETING DE CONTEÚDO

Construímos conteúdos ricos, relevantes e valiosos para entregar ao usuário. Ele nos “paga”, compartilhando alguns dados que o posicionam na jornada de compra e nos ajudam a delinear as demais etapas a serem trabalhadas até a conversão. Nitidamente, há interesses de ambos os lados.

Aqui, o pedido de consentimento requer criatividade. O usuário quer seus conteúdos. Por outro lado, você precisa ser sincero e mostrar-se confiável. Abra o jogo, e diga como e por qual razão é importante ele lhe contar algumas coisas a seu respeito.

Uma abordagem mais natural cria proximidade e gera entusiasmo.

ATENÇÃO COM AS SEGUINTES FERRAMENTAS DE INBOUND

Deixe explícito os usos das informações solicitadas ao usuário nos formulários. Além disso, diga-lhe suas pretensões futuras e pergunte se ele está de acordo com elas.

  • E-MAIL MARKETING

Não é novidade que há muito especula-se sobre a eficiência e, até mesmo, o fim do e-mail marketing. Em contrapartida, nós estamos carecas de saber o quanto ele é indispensável. 

Talvez essa seja a estratégia que dará mais trabalho, pois cada um dos endereços que já constam em sua base terão de ser verificados. Desta forma, sua empresa garante que todos autorizaram o envio de materiais e querem seguir em um relacionamento com a sua marca.

LGPD: ANÚNCIOS PATROCINADOS

Cookies coletados em um site segmentam os anúncios em mídias pagas. Os usuários precisam ser notificados das instalações deles e aprová-las. 

Isso também é válido para todas as táticas utilizadas dentro das redes sociais, como aquelas que preveem campanhas de remarketing, por exemplo.

 

4 Dicas para adaptar o seu negócio à LGPD

Você pode…

#1 - Criar um setor ou eleger uma pessoa que responsabilize-se pelo gerenciamento de dados coletados

Você precisa confiar na equipe escolhida. Um possível vazamento de dados pode manchar sua marca no mercado.

#2 Elaborar política de consentimento ou de privacidade

Planeje um material que contemple todas as situações possíveis. Com esse documento, fica mais fácil pedir consentimento, uma vez que todas as razões para as solicitações de dados estão expostas profunda e claramente aos usuários. 

#3 Gerar leads sem dores de cabeça

Já comentamos aqui neste artigo, mas vale reforçar: tenha imaginação na hora de solicitar permissão. Boas estratégias de Inbound Marketing levam ao sucesso de uma marca e a LGPD não mudará esse conceito. Entregue valor, e os usuários lhe darão credibilidade.

#4 Ser cuidadoso e atentar-se ao seu negócio

Com todos esses cuidados, é provável que sua marca receba ainda mais destaque no mercado. Mostre-se transparente e não tenha medo de colher os frutos. Diante da voraz revolução tecnológica que vivemos, a Lei consolida-se em um momento em que o controle de dados revela-se necessário.

 Todos sabemos que há muitas intenções maliciosas e ilícitas por parte de algumas empresas. Alguém precisa tentar eliminá-las.

LGPD: a WebShare auxilia seu negócio nesta transição

Gestores e profissionais de marketing, vocês já começaram a repensar as suas estratégias para um novo jeito de fazer?

Esse é um momento desafiador, que requer paciência e resiliência. Cerquem-se de muito conhecimento, reúnam-se com seus times e cheguem juntos às soluções perfeitas para que os negócios sigam em crescimento.

Por aqui, já estamos em compliance com a LGPD. Sendo assim…

Procurando uma agência para ajudar o seu negócio a alinhar-se às novas fases do marketing digital? Pare imediatamente, pois acabou de encontrá-la! Converse com um de nossos especialistas agora e veja seu planejamento rapidamente transformar-se em resultados.

Compartilhe

Comentários

CONTEÚDOS SEMANAIS DE QUALIDADE SOBRE PERFORMANCE PARA MELHORAR O SEU NEGÓCIO, CADASTRE-SE:

Mais acessadas

Desenvolvido por WebShare - Estratégia e Resultado   © Copyright – WebShare Estratégia e Resultado – Todos os direitos reservados

Comentários