Blog WebShare

Saiba tudo o que está acontecendo no mundo da tecnologia e do Marketing Digital

Entenda o Google: como é feita a indexação de um site?

Júlia Gonçalves

15 DE março DE 2022
tempo de
leitura:
5min

Entender os mecanismos das ferramentas de busca é algo essencial para todo bom profissional de SEO. Se você é desta área ou está buscando um melhor posicionamento da sua página, provavelmente já se perguntou como funciona a indexação de um site no Google.

 

Se você ainda não encontrou essa resposta, continue a leitura para descobrir as formas que o Google utiliza para indexar um site e com que frequência ele realiza este rastreamento.

 

 

Métodos de indexação do Google

saiba quais sao os metodos de indexacao do google

A indexação é, basicamente, uma forma de rastreamento e catalogação que o Google usa para identificar o conteúdo das páginas do seu site de acordo com o assunto tratado. 

 

O advogado de buscas da Google, John Mueller, explica que existem dois métodos de rastreamento que podem atuar de forma independente ou em conjunto, são eles:

 

Rastreamento de descoberta

Esse modo de rastreamento busca por novas páginas que possam ser criadas dentro do seu site, seja um novo conteúdo publicado no blog ou um novo produto adicionado ao catálogo do seu e-commerce.

 

Rastreamento de atualização 

Essa forma de rastreamento acontece quando alguma página é atualizada, essas novas informações também precisam ser indexadas para que a ferramenta de busca se mantenha consistente e atualizada.

 

Frequentemente, as duas formas de rastreamento são utilizadas de forma combinada. Veja o exemplo a seguir para entender como isso acontece.

 

Digamos que, durante um rastreamento de atualização em uma das páginas do seu site a qual o Google já conhecia e, portanto, já estava indexada o ​​robô identificou links recentes e que levam para páginas novas dentro do site.

 

A partir desse momento, o modo rastreamento de descoberta entra em ação para indexar os novos conteúdos do seu site no Google.

 

Com que frequência o robô da Google rastreia meu site?

descubra com que frequencia o google monitora o seu site

Bom, isso pode variar bastante e vai depender também da frequência com que você atualiza ou posta novos conteúdos em seu site.

 

John explica que um site de notícias, por exemplo, que posta novos conteúdos a cada hora, tende a ser rastreado diariamente, até mesmo, de hora em hora. No entanto, um site institucional, que é raramente atualizado, tende a ser menos monitorado.

 

Ou seja, se o robô da Google perceber que você atualiza constantemente o seu site, ele estará sempre monitorando-o para manter as atualizações em dia.

 

Além disso, vale lembrar também que o Google não rastreia sites, mas, sim, páginas de sites na web.

 

Como saber se o robô da Google está rastreando meu site?

Se você acompanha de perto a performance do seu site, provavelmente já acessou o Google Search Console. 

 

Lá é possível saber como o Google lê os componentes do seu site, tais como imagens, títulos, textos e etc. Também é possível observar se as palavras-chave estão indexadas corretamente e até identificar possíveis falhas na segurança do seu site, entre outros recursos.

 

Além disso, no Google Search Console também é possível ver com que frequência o seu site é rastreado. No entanto, John ressalta que isso não é um fator de ranqueamento.

 

Portanto, a frequência com que as páginas do seu site são rastreadas e indexadas não influencia na posição que o seu site irá ocupar no Google. Nesse sentido, não é um dado pertinente dentro de uma estratégia de SEO

 

Agora que você já conhece melhor os mecanismos do Google, que tal conhecer sua mais nova ferramenta de indexação? Leia agora o artigo Google testa nova ferramenta Index Now” e fique por dentro das últimas novidades.

Assine nossa newsletter!

Acompanhe nossos conteúdos semanalmente.

News

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Desmistifique o marquetês em nosso Glossário

Procurando uma luz no fim do túnel para aqueles termos do marketing que são realmente difíceis de compreender?
Ir para o Glossário